sábado, 10 de novembro de 2012

oração



Lembro da noite em que eu iria saltar dos 12 para os 13 anos; essa noite eu passei chorando; mãe foi saber o que eu tinha e eu disse que estava ficando velha demais.
Lembro da noite em que fiz 17 anos; nessa noite eu me encontrei com uma amiga de 66, e chorei pitangas porque estava ficando velha. 
Lembro da noite em que completei 21 anos; nessa noite eu vestia uma blusa preta de manga comprida e uma saia branca de pregas; reclamei que estava ficando velha para uma amiga de 37 que foi tirar o meu retrato.
Hoje à noite apenas rezo.

9 comentários:

Assis Freitas disse...

oremos pois, quem sabe ao tempo



bj

M. disse...

Minha amiga, venho aqui para te dar meu abraço mais carinhoso neste dia. Já te abracei pessoalmente, mas quero registrar aqui todo o meu carinho, a minha admiração, os meus votos de felicidade, mais uma vez. Bjs.

Marcus disse...

Aeronauta, venho no seu cantinho, neste hoje reservado cantinho, para fazer apenas um pedido ao pé do ouvido: não pare nunca de rezar aqui pra gente. bjs

aeronauta disse...

Obrigada por sua visita, Assis.
M., obrigada por seu carinho e amizade.
Marcus: vou orar sempre sim, todo dia, por essa família linda que você tem. Abraços a todos.

Tania regina Contreiras disse...


Parabéns pelo silêncio que vai chegando com os anos e a sabedoria de saber-se mudando sempre...
Beijos,

Bípede Falante disse...

não lembro das noites de oração.
talvez não tenha tido.

mas lembro da passagem dos anos, das esperanças e das desilusões.

beijoss

Carlos Barbosa disse...

Aérea Persona, renovo meus parabéns. Que a poesia seja o seu leito, sempre. Toda oração é um poema. Abraços e minha amizade. (cbarbosa)

Naiana P. de Freitas disse...

Dizem por ai, que o presente do tempo é a experiência...pelo curto-belo texto que escreveu é isso mesmo..
parabéns!
:D

maray disse...

viver é bom. Fazer aniversário é ou deveria ser comemorar essa coisa boa que é a vida. A gente fica velha, mas e daí? A única coisa ruim é que ao passarem os anos, os que nos restam vão se tornando escassos. O jeito é aproveitar cada vez mais.Vamos ser umas velhinhas que vivam loucamente e apaixonadamente todos os dias. É o que desejo, pra mim e pra vc. Pra todo mundo.