sábado, 12 de novembro de 2011

canção dos desesperados


Uma angústia sem asas. Um não sei que fazer de sua figuração no mundo. As encenações repetidas. Uma desordem. O que se diz e o que não se entende. Impossibilidade de abraçar. Livros esparramados pela mesa, fechados. Tudo, tudo se distanciando. O colarinho lhe apertando o gogó. A dor de barriga que chega na hora errada. A falta de toda e qualquer palavra. O cansaço da poesia. A falta de paciência com os poetas que têm carteirinha. O clube lotado, o clube vazio. Orides Fontela lhe olhando da cozinha, lhe acusando do roubo de sua miséria. Hilda Hilst de novo sozinha. Você, você, vocezinha, estúpida como um capim. Os cabelos brancos fazendo-lhe coroa num castelo sem reino. Essa boca em eterno esgar, essa cara severa onde dentro há tanta ternura. É preciso, escute logo, que você se acolha em seu próprio ventre. É preciso dobrar-se, como uma cobra, na própria solidão; contorcer-se sem grito, extasiar-se sem medo, talvez morrer.

8 comentários:

Anikulapo disse...

http://wwwanikulapo.blogspot.com/2011/11/so.html

Adriano Alves disse...

Sinto que a dor tua tem qualquer coisa da dor minha - esse tal colarinho apertando o gogó; sinto, porém, não ter o talento para expressar o dom supremo da tua poesia. Muito obrigado pelo comentário ao meu escrito. Um abraço, Ângela.

A propósito, em qual livraria posso adquirir seu Poemas para Antônio?

aeronauta disse...

Oi, Adriano, o bom é sabermos que existem pessoas que compartilham a mesma perplexidade nossa diante da vida.
Quanto ao livro você poderá encontrá-lo na livraria Cultura, em Salvador. Um abraço.

Naiana P. Freitas disse...

Muito lindo,[termo nada acadêmico]mas ler é sentir...e senti lindamente isto:"É preciso, escute logo, que você se acolha em seu próprio ventre. É preciso dobrar-se, como uma cobra, na própria solidão; contorcer-se sem grito, extasiar-se sem medo, talvez morrer."

abraço apertado!!

Naiana P. Freitas disse...

A senhora nem acredita estou pertinho de Amargosa, em Santo Antônio na UNEB vim participar de um evento-EBEl- e apresentar uma comunicação amnhã...hoje falavámos de Amrgosa e lembrei da senhora..
abraços!!

Carlos Oliveira disse...

Olá, tomei conhecimento do seu blog Aeronauta assistindo uma comunicação acadêmica durante o Seminário de Pesquisa da UFBA, em nov/11, aqui em Salvador. Uma colega fez um trabalho sobre o blog e apresentou em sala. E ela tinha mesmo razão, porque acessando pude ver que eh mesmo especial. Parabéns.
Carlos Oliveira

aeronauta disse...

Naiana, obrigada.
Carlos, fico feliz em saber que o aeronauta chegou até você. Obrigada pela visita. Volte sempre. Abraços.

Sandra disse...

Belíssimo!!!