segunda-feira, 5 de julho de 2010

sobre todas as datas


Ontem o aeronauta fez três anos de idade. Que falta faz um filho. Na falta eterna que ele fará, escrevo. Escrevo para não ter que contar os dias. Para aguentar a dor, a rouquidão, a tosse. Para saber sofrer o tanto que você almeja, a quantidade exata, o tamanho ideal. E então depois deitar-me e descansar um pouco.
No dia de aniversário dessa casa, que passou ontem, aqui registro a falta. Registro no ar, na tentativa de abraçar o frio por inteiro, sem medo.



Imagem: "Parabéns...," por Ponto e vírgula.
(www.flickr.com)

9 comentários:

Carlos Barbosa disse...

Parabéns, Aérea Persona. De uma maneira ou de outra sempre se voa. Mais uma lua pro blogue, parabéns. (carlos barbosa)

Chorik disse...

Esse é um espaço dos mais seletos. Não poderia deixar de comemorar o seu aniversário. Vida longa ao aeronauta e à aeronauta.
Use o seu amor maternal com outras pessoas. Ele é do tipo que nunca acaba. Essa ausência do filho terá sua importância para a próxima vida. É o que penso.
Beijo

Bípede Falante disse...

Parabéns, Aero. O meu blog também fez 3 anos e eu também esqueci de comemorar. Mas esqueci tanto que só dei-me conta agora. E agora já não dá mais para dizer nada porque o aniversário foi em abril. O seu está crescendo com força e saúde :) Beijo. Bípede

Gerana disse...

Parabéns, aeronauta! O blog que nos dá a excelência dos textos da grande escritora que vc é.

A: o blog é o filhinho virtual. O real chegará e será palpável (darei tantos beijinhos nele, vc deixará?).

Andréia M. G. disse...

Que sua escrita por aqui tenha vida muito longa. Parabéns!

M. disse...

Longa vida a você e ao blogue. Beijos, M.

I.Moniz Pacheco disse...

Parabéns pelo aniversário. Que venham mais, muitos anos de vida e saúde e muitos e muitos escritos maravilhosos como os seus.

Lidi disse...

Parabéns Aero, ao blog. Espero que ele comemore ainda muitos aniversário, pois aqui me sinto em casa. Um beijo.

Nilson disse...

Parabéns atrasados, Aero! O meu tb fez três anos e eu 'se esqueci'. Fico feliz por ser testemunha de boa parte desse tempo de Aeronauta. Feliz por ter podido absorver todo esse talento em prosa e verso!