quarta-feira, 16 de junho de 2010


Você sabe que vai cair
e se debruça.
Você quer a vertigem.

Se joga
e
voa
até o solo.


(Martha Galrão)


Imagem: "Pouso em preto e branco", por Parchen.
(www.flickr.com)

8 comentários:

Gerana Damulakis disse...

Nós sabemos, aero: Martha está pronta para o livro.

Maria Muadiê disse...

Que alegria!

Bípede Falante disse...

Também gostei muito desse poema.

M. disse...

Fiquei muda quando li esse poema. Absoluto.

Edu O. disse...

adoro essa vertigem!

Georgio Rios disse...

Voar, magica e versos para fazer este impressionate quadro que Martha Pinta com palavas!!

aeronauta disse...

Martha, esse poema seu é um dos mais belos e perfeitos que li na vida. Parabéns!

Maria Muadiê disse...

amigos, queridos, obrigada,
beijo,
Martha