quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Mã, Parabéns!

Acho que a minha maior frustração, caso fosse filha única, seria essa: não ter uma irmã. Mas tenho, graças a Deus. Uma irmã forte, com dentes pretos. Uma irmã forte, com cabelos curtos. Uma irmã forte, cujos dedos dos pés são fotocópias dos dedos de pai. Os dedos das mãos longos, as mãos grandes, os olhos expressivos. Toda ela irradia vida e segurança. Tem a timidez própria dos fortes: não se deixa levar na primeira conversa. Arredia, uma típica mulher do signo de escorpião: assume seu veneno com humor. Ficou danada quando fez vinte anos: nosso vizinho achou de morrer no dia 04 de novembro, seu aniversário - não perdoou o morto. Ela é assim: ama-se em demasia. Cuida de si mesma como algo precioso, sem nenhum remorso. E isso é próprio das pessoas fortes. Lembro de sua força, vestida de anjo na festa de Nossa Senhora da Glória: deu uma surra em outro anjo, seu desafeto, asas esvoaçando perto da ponte: violência lírica perdoada por Nossa Senhora. Acho que sempre quis ser ela, na minha inaptidão para enfrentar o mundo, para desbravá-lo, para sair de suas profundezas. O que ela faz com as profundezas? Desliza nelas, delas faz superfícies, escorregadeiras, brincadeiras de menina. Vai deslizando, deslizando, e rindo, rindo. Não sei se ela curou velhas feridas: como aquela, aos três anos, quando o bicho noturno comeu sua galinha. Ou se ficou marcas do primeiro mal concedido ao mundo: apertou um pintinho na mão e matou-o, sem a menor compaixão. Ela é o retrato mais inteiro que tenho do humano, nas suas fissuras comoventes de força, transgressão e afeto.

11 comentários:

Maria Muadiê disse...

Parabéns mãe de Vinícius!

Quero me matricular no curso que vc dará:
Aprendendo a assumir seu veneno.

beijo

Mã disse...

A fortaleza se desmanchou em lágrimas quando leu essa belezura. Ainda mais que estava sentindo a sua falta no nosso almoço desse dia que tanto amo e valorizo. Você e Vinicius são as pessoas de coração bom e puro que Deus colocou no meu caminho
para que eu não perdesse o prumo. Nas nossas diferenças, nos completamos e não saberíamos viver uma sem a outra. Obrigda e Bjos. Quando chegar, a gente sai para comemorar o meu e o seu.

Menina da Ilha disse...

Obrigada Maria. É, tive que aprender sozinha a me defender das ruindades do mundo, já que minha irmã sempre foi, SÓ BONDADE e as colegas a puniam por isso.Acredito que a gente veio ao mundo para ser feliz e temos que fazer de tudo para que ninguém nos tire esse direito. Eu sei que muitas vezes me mimo demais, mas sem dúvida, lhe quero no meu curso e com certeza você também deve ter muitas coisas para me ensinar. Bjos.

M. disse...

Parabéns a Mã da mulher alada. Conheci a moça e gostei muito. Bjs.

Bernardo Guimarães disse...

Do fã-clube de maisa-da-ilha, sou o presidente. Tava aqui sem saber como mandar os parabéns. A data estava anotada na agenda, que não sou doido de esquecer!!!

Lidi disse...

Parabéns, mã de Aero. Eu também queria ter a tua fortaleza. Aero, lindo texto, linda homenagem, lindo presente. Bjs

Gerana Damulakis disse...

Bonito!!!
Parabéns para a mãe de Vinícius (vá se acostumando, mãe de gente famosa é assim mesmo). Bjos, bjos, bjos.

Menina da Ilha disse...

Que bom que vocês não me esqueceram. Agradeço a todos.

Nilson disse...

Meus parabéns atrasados - pra Menina da Ilha e pra autora desse puta perfil!

Moniz Fiappo disse...

Que imagem bacana me ficou de sua irmã que nem conheço. As pessoas lindas são assim: como a imagem que voce tem dela e como o amor que transborda desse texto. Parabéns pra voce pela bela irmã e parabéns pra ela pelo aniversário.

Marcus Gusmão disse...

parabéns também atrasados às duas. Pelo aniversário e pelo texto.