sábado, 23 de maio de 2009

em silêncio


Imagine você me conhecendo, olhando meu olho, bem dentro, bem fundo. Imagine o susto, o grande susto do abismo. Um passo em falso na escada, você me vendo. Um lance de dados, jogado completamente ao acaso. Minha voz que não era a minha, minhas mãos que nunca foram essas, meu corpo pendendo para o lado. Minha vontade insana de nunca ter existido. A sensação entranha e profana de não ser, e de convencer o contrário. Palavras que somem, pernas tropeçando no escuro, e o muro, o grande muro.
Imagine, o absurdo: alguém sem forma sair do limbo. E para nada, nada, nada. Para quê? Tal coisa só se pergunta ao Destino. De preferência em silêncio, de preferência muda, completamente, para não ouvir resposta alguma.



Imagem: "il destino dell'uomo", por cacciaramarri.
(www.flickr.com)

10 comentários:

Gerana Damulakis disse...

Intenso e, como sempre, especial.

Nilson disse...

Fortíssimo. E o diálogo mudo com o destino: é isso, acho que é assim, mesmo. Dá-lhe, Aeronauta!!!

Marta F. disse...

Puta que pariu! Seu argumento é preciso, muito boa a colagem das faces da argumentação!

Parabéns, nem quero mais conhecê-la. Lerei sempre.

Abraço(transparente).

Mirdad disse...

"Imagine você me conhecendo, olhando meu olho, bem dentro, bem fundo. Imagine o susto".

Não há quem não se assuste.

Lidi disse...

"Imagine, o absurdo: alguém sem forma sair do limbo. E para nada, nada, nada. Para quê?"

Para ser feliz, não todo o tempo, mas "em horinhas de descuido", pois segundo o grande Guimarães Rosa, felicidade é isso. E para fazer uma simples mortal, como eu, sentir-se feliz toda vez que acessa teu blogue e lê textos lindos como esse. Um beijo.

Maria Muadiê disse...

Aero, conhecer é mesmo um susto. Seu texto é um belo esforço pra (de) existir.
beijo

Flamarion Silva disse...

Seu texto me passou uma angústia existencial. Ainda bem que estou acostumado. Excelente!
Não esqueci seu livro.
Abraço.

Janaina Amado disse...

Adorei! Sabe o que pensei? Parece uma das minhas cartas do tarô pessoal! Posso usar seu texto para a carta "Destino"? Posso? Posso?
PS - aero, não estou conseguindo que meus novos textos sejam atualizados nas chamadas de vocês, nem mesmo nas minhas. Vc. sabe como fazer quando isso acontece, alguma idéia?

Katia Borges disse...

Oi, querida, apareça para nos ver na ALB na quarta. Garanto que ninguém irá olhar você nos olhos. Beijão.

maria guimarães sampaio disse...

essamenina, tanta mensagem talentosa! até sisquici minhas palavras. beijim di maricotim