segunda-feira, 13 de agosto de 2007

A leveza de uma alma

Hoje rezo esses versos de Raul de Leoni (1895-1926)... Versos tão leves que quase não existem...

"Tua alma é tão leve, tua alma é tão fina
Alma em perfume - alma em surdina
Que essência fluida, e que graça recolhida
Tua alma passa tão de leve sobre a Vida...

A leveza de uma "alma em perfume" é a mais sensível oração que já ouvi.

2 comentários:

Carlos Barbosa disse...

Alma em surdina também é preciosa. Abr. Carlos Barbosa

Anônimo disse...

Aeronauta de volta... Muito bom!