sábado, 21 de março de 2009

sonhos, parte I


CRIAÇÃO


E tu nem eras nada
mas comprei aquela calça
e aquela camisa larga
e vesti em ti.
Já eras tudo:
alma e corpo vestidos.

Queria-te humano
e duas mãos magras te dei,
para que, enfim, me tocasses
mas nunca por inteiro,
somente nas ilhargas,
nas margens, com medo.

Criei casas, criei mundos
Fiz de ti dono de tudo.
Dos domingos, dos outonos,
dos odores, dos perfumes.
Dos campos altos, das planícies,

de minha alma triste.


Imagem: epifaniasvirtuais. In: www.google.com.br

9 comentários:

guilhermina, (ataulfo) e convidados disse...

dizer o que?
Lindo!!!!!!!!!!!!!!!!
E triste.
Bj
Guilhermina
www.esquinadodesacato.blogspot.com

M. disse...

De tirar o fôlego.

KimdaMagna disse...

...me tocasses
"...mas nunca por inteiro,
somente nas ilhargas,
nas margens, com medo..."

Muuito lindo!

se calhar até, nossas relações,
devessem se manter nas margens, num tratamento terno de subtileza.

xaxuaxo

Janaina Amado disse...

Lindo, aero! Gostei particularmente de "dos odores, dos perfumes".

Katia Borges disse...

Poxa, estou sem palavras. Literalmente. Lindo!!!!

maria guimarães sampaio disse...

Arrasou!

maria guimarães sampaio disse...

Voltando aqui por conta da voz perguntada (risos). Creio ter uma voz forte e positiva. Um pouco gasguita. Mas falo alto demais - parece que o mundo é surdo.
"Perguntaste-me outro dia" da "chuça carapuça". Creio que pode ter significados diversos.
Exemplos:
- quando eu amanhecia de oveiro virado, minha dizia: esta menina hoje está da chuça carapuça.
- se algum de nós tivesse se "amostrado" demais na festa de renata, os outros podiam dizer: eita! fulano(a) é da chuça carapuça!
----
olhe só... vem mais lançamento por aí, pense uma maneira não de Aeronauta ir. Aeronauta poderá convidar Professora Fulana, dona de Aero, para representá-la. 51?

Maria Muadiê disse...

Aero, vc escreve tão lindo...
Pense na idéia de Maria, nós todos somos personagens de nós mesmos...
Uma é menina da ilha, a outra vestígios de uma senhorita, a outra é maria, e além disso, muadiê, o outro é coco que se parte e come e por aí vamos nós, nos representando.
beijos

Nilson disse...

"...somente nas ilhargas, nas margens, com medo". Massa. Resolvi "roubar" esse, lá pro Blag. Sem pedir licença...