terça-feira, 14 de outubro de 2008

O encontro


Estarei, amigos, na LDM. Escondida na estante onde tem escrito com letras vermelhas: Poesia. Minha roupa é de um azul bem tênue, quase que não se enxerga durante o dia. Meus sapatos vêm estragados pela escapadela de uma nuvem, nessa manhã de chuva, só para conhecer vocês de longe. Me esconderei entre os livros de Hilda Hilst, e os de Clarice, e os de Cecília. Ou então estarei na guarda-volumes, no meio dos objetos que ali não têm moradia: sacolas, sombrinhas, e livros de outros livrarias.

13 comentários:

Judith disse...

Podemos vasculhar o recinto???

Nilson disse...

Bernardo vai colocar um chip no livro. O mistério está prestes a ser desvendado.

Bernardo Guimarães disse...

Seu acerto é comigo! EU levarei o seu exemplar do nosso livro, que autografarei com carinho e a devida admiração. Avise a Edilson que alguem fará a entrega que, repito, só poderei fazer sexta à tardinha ou sábado quando retornar a Salvador. Não me deixarei seguir, nem deixarei que te alcancem.Vc estará livre da sanha curiosa dos ávidos por mistérios! Depender de mim, vc continuará morando naquela nuvem.

Janaina Amado disse...

... e nós nos aproximamos de Aero. Um leve odor de nuvens nos pertuba , mas seguimos, não sem antes notar, sobre o chão, algumas sementes de mangaba e farelos de pão caseiro. No fundo, ao lado da cachoeira, junto à estante e aferrada a um livro, vemos a menina das lavras.

maria guimarães sampaio disse...

será lindo nosso encontro. Haverá sim. Uns navegando em nuvens, outros soterrados de tão pé no chão. Há de haver também os jaletes, as quamas e os keis dentro das cartas do baralho. Ou de repente seremos uma quadra de Ás? Ou uma canastra?

maria guimarães sampaio disse...

lindíssimo o texto de jana

aeronauta disse...

Maria,
Realmente o texto de Jana (que ela me permita a intimidade) é mesmo lindo, um poema. Permita-me guardá-lo, Jana, para posteriormente publicá-lo no blogue?
Judith: Pode vasculhar sim, mas saiba que tenho muitos cúmplices na LDM!
Nilson: Acreditei no chip, e fiquei morrendo de medo. (Sou extremamente crédula.)
Bernardo: Você não sabe a vontade e a curiosidade que tenho de conhecer todos vocês pessoalmente. Mas... E fico feliz por você compreender essa minha alma que voa, que nunca está.

Anônimo disse...

Se vocês soubessem como são longos e lindos os cabelos dela, as suas pequeninas mãos. E o andar dela é tão leve que parece nem toca o chão.

Críticas Criticáveis disse...

Nauta vou ter q continuar me contentando com minha imaginacao

Janaina Amado disse...

Aero, minha vontade é responder ao seu comentário com um "Permito não. Troco pelo segredo da sua identidade".
Mas... tá bom: permito.

Luli Facciolla disse...

Já soube que vai ter chá...
Se tiver, estou "colada"!

Beijo!

Maria Muadiê disse...

Bom, eu estarei lá te procurando.
E espero que ao seu lado também, lá nas prateleiras da LDM.

Anônimo disse...

O Guru...

Bem aos amigos e admiradores da Aeronauta:
Também como vcs venho acompanhando o seu blog e os seus mistérios a muito tempo. Eu a encontrei em uma das suas poucas passagens pelo mundo dos humanos e devo confessar que aeronauta lhe caí bem...rs
Mas para a alegria de vcs vou contar alguns segredos da Aeronauta, (se ela deixar é claro!)
Primeiro ela adora chocolate meio amargo. (seu ponto fraco) Eu uma ocasião vi ela comer uma barra inteirinha...rs
Segundo segredo: Todos os anos a Aeronauta vem a minha procura para eu lhe jogar o tarô e fazer as previsões....
E o terceiro e mais terrível segredo: O aniversário da aeronauta está próximo! E eu já tenho o meu presente, desta vez vou preparar o seu mapa astral com todas as precisões...
Assim a minha sugestão é que preparem os seus presentes...

um abraço para todos...