domingo, 13 de julho de 2008

Engano

Não decoro número nenhum. Na minha cabeça não entram números. Mal sei o número de meu telefone, e, às vezes, quando pedem, me esqueço. Com os números tenho uma relação bastante peculiar, pois pessoas também são números, e quando chego de viagem quero, claro, saber quem me ligou. Não sou modernosa, não tenho celular, mas tenho o bina. Só para saber quem foi que me chamou na minha ausência. Quando chego da rua vou direto olhar. E como não decoro nenhum telefone, saio ligando para aqueles números ali, às cegas, sem nunca saber quem são. Hoje fiz isso. E não consegui encontrar ninguém. Não sei de quem são aqueles números, muito menos tenho disposição para olhar na minha agenda. Por isso o mistério se instala, mistério que talvez nunca será revelado. Ligo, para retornar, e do outro lado o telefone repete a mesma mudez que encontrou na minha casa. E fica o número como rastro. Quem será que me procurou? O que queria falar comigo? Nas vezes em que consegui um retorno, a pessoa do outro lado era o próprio mistério, e um mistério irritado. Eu disse, como digo sempre: "Alguém desse número ligou pra minha casa. Quem mora aí?" Do outro lado, uma voz impaciente respondeu: "Não sei minha filha", e desligou. E o mistério persistiu.
Hoje, desde que cheguei de viagem, ligo para um número bonito instalado no telefone. Não me atende. Insisto. Não me atende. Insisto novamente. De novo a mudez. Preciso perseguir esse número e encontrar o dono dele. O que ele terá para me dizer? Que foi um engano?

3 comentários:

Personagem Principal disse...

Eu já sou o contrário. Sempre acho que se quiserem mesmo falar comigo, vão voltar a ligar. E, muito provavelmente, vou deixar o telefone tocando até...

Que bom que vc voltou!

maria guimarães sampaio disse...

os bloguetes estão alegres com seu retorno e, como diz personagem principal, quem te ligou, ligará. recebi sua mensagem em continhos, sua estadia na fila seria oportunidade de te conhecer.
Beijo Maria

Críticas Criticáveis disse...

Eu nao gosto mto d telefone tb, mas esse negocio d bina aguça minha curiosidade, tb fico assim qdo me ligam, procurando na agenda, só pra alimentar minha ansiedade