sexta-feira, 22 de agosto de 2008

A fotografia


(Mãe, aos 17 anos anos, década de 60, Fazenda Campinhos)

(...)

Ela sabia de tanta coisa!
(E nem sequer imaginava)
Seu sorriso acompanhava
O ritual da fotografia.

8 comentários:

Mônica Menezes disse...

Bonita, Aeronauta, a sua mãe e os seus versos. Beijos

maria guimarães sampaio disse...

Aeronauta, na foto colorida (que eu adoro) você é a cara de sua mãe nesta belíssima fotografia pb. Parece ser de retratista. O retratista foi à fazenda? Ou é foto de amador? A poesia é Supér.
Se duvidar "mãe" é mais moça do que eu que completei 17 em 1965. Coisa boa... as fotografias saindo dos baús. Beijos Maria

Personagem Principal disse...

Ave Maria, como eu gosto de fotos antigas!

Bernardo Guimarães disse...

Mãe só precisava disso mesmo: uma cadeira e uma parede de fundo.

PS.: e eu fiz 17 ali pertinho...70.

Menina da Ilha disse...

Ficou lindo! Caprichou hem?

Marcio disse...

Gostei muito do blog. Visite http://emaranhadorufiniano.blogspot.com e fique a vontade para postar comentários ou críticas. Abrçs!!!

Nilson disse...

Retrato de mãe quando jovem. Belo quadro, belas palavras.

luis ronaldo disse...

Como são boas e silenciosas as mães nas fotografias!